Business, Viagens

Província de Zhejiang – China

Esta é a minha quarta vez na China, segunda vez indo totalmente desacompanhada, sempre com aquele medinho de dar algo de errado, pois quem me conhece sabe bem que não sou lá aquelas coisas no inglês (e os chineses muito menos rsrs). Infelizmente não conseguimos nos entender na mímica pois até nisso não nos entendemos! Se você sabe DESENHAR o suficiente para informar o que você quer, você se comunica com qualquer um rsrs Até a água de lá da risada da nossa cara! Wahaha!

20161122_061729

Brincadeiras à parte, para chegar na agente que tenho hoje, tive que me aventurar muito com algumas Empresas que nos enrolaram até não poder mais. Não digo que tenham roubado dinheiro, mas que cobravam muito além do que a fábrica informava, disso eu tenho certeza. Ok, isso é uma forma de roubo um pouco mais “discreta”! rs

Negociar na China requer muita cautela, tentar adivinhar (ou não) pela cara deles se tão te enrolando ou não, jamais barganhar pois eles sempre vão abaixar o preço e te deixar feliz (momentaneamente), mas quando a mercadoria chegar para você, você vai ver a qualidade do produto que foi diminuída drasticamente. Digamos que essa minha agente, a Yoya, que é minha terceira agente desde que comecei a importar, me adotou como irmã dela. Temos uma cumplicidade tão grande que fico até triste quando tenho que voltar pra casa, bem diferente das outras que me tratavam como se eu fosse um Zé Ninguém! Toda a negociação dela é super transparente e vejo que ela não fica futricando pelos cantos com o pessoal da fábrica pra poder ganhar mais.

Juro que até meu inglês melhorou pois passo 15 dias com ela, o dia inteeeeeiro falando inglês! Digamos que é trabalho + intercâmbio + diversão de uma só vez. Passamos o dia dando risada das coisas mais bobas do Universo! Quem diria que eu encontraria uma amiga do outro lado do planeta?  A filhinha dela é um grude só comigo, totalmente apaixonante!

Nesta minha última ida à China foi engraçado que no primeiro dia eu já conheci um montão de Brasileiros. Estava tomando café da manhã sozinha e mandando áudio pelo whatsapp pra minha mãe e quando terminei um rapaz veio se apresentar (tava ouvindo minha conversa, danado), virou meu amigo da viagem toda e me apresentou para mais um monte de? BRASILEIROS! rsrs Digamos que ele é meu concorrente direto pois também importa bolsas femininas e é de São Paulo, mas lá existe gosto para todo tipo de loja e coincidentemente não compramos ABSOLUTAMENTE nada igual!

Estava um frio de lascar, mas como eu já havia passado no Outlet de NJ e me abastecido de casacos, inclusive um de pena de ganso, frio eu não passei! rs Dessa vez foram poucos passeios noturnos por conta da chuva e frio, mas como a turma de Brasileiros no Hotel tava grande, quase toda noite saíamos para jantar (no Hotel mesmo). Um dia saímos para um restaurante Italiano MA-RA-VI-LHO-SO:

20161129_092819

Desde a primeira vez que fui, senti uma evolução muito grande na Cidade, mas infelizmente era uma época péssima para compras. Fui no final de Novembro e como as fábricas levam em torno de 45 dias para produzirem as bolsas e carteiras, muitas fábricas que eu já comprava não estavam mais aceitando encomendas. Para quem não sabe, o Ano Novo Chinês (CNY), é comemorado em data diferente e de forma totalmente diferente da nossa. Eles param TOTALMENTE de trabalhar em torno de 20 de Janeiro e retornam somente em 20 de fevereiro, ou seja, eu tive que ralar pra achar fábricas que pudessem me atender e embarcar minha mercadoria antes do dia 20 de Janeiro. Milagrosamente eu conseguí, mas de ultima hora algumas fábricas deram para trás e não me atenderam. Ok, no final deu tudo certo, vieram muitas coisas que eu queria e me surpreenderam ainda mais pela qualidade.

Digamos que lá é na base do “vivendo e aprendendo”, pois apesar de termos o primeiro empurrão do primo do meu marido de onde ir e quem procurar (Santo Rafael!), éramos totalmente crus em relação a negociação de altos valores em outro Continente, imagine eu sozinha! Pra se ter uma idéia, da turma de Brasileiros, que não era pequena, eu era a única mulher. Como estou bem assessorada, hoje já não ligo mais em viajar totalmente sozinha.

Minha agente, com toda a família, me levou para um Restaurante Chinês super diferente, com uma comidinha mais ou menos (tudo tinha ervilha, coisa que mais odeio na vida). A companhia foi o melhor. Como lá eles não tomam bebida gelada, são raros os restaurantes que tem bebida que não seja ambiente. Refrigerante zero ou light é uma coisa praticamente impossível! Toda vez que eu queria alguma bebida, o marido da minha agente trazia uma latinha de Nescafé gelada. rsrs Café com leite com arroz e bife não é a minha combinação preferida, mas OK, o que vale é a intenção rsrs.

Mas vamos ao que interessa! Queria mostrar um pouco do Supermercado Chinês que não difere muito do nosso, a não ser os pequenos produtos exóticos e a forma de escolher alguns tipos de alimentos. Detalhe para os produtos a granel, o sal em pedras gigantes, o pato (seco), o aquário de peixes e tartarugas vivas para serem escolhidas na hora e o pézinho de frango a vácuo para comer como salgadinho:

Espero que um dia possam passar por alguma experiência parecida, e caso tenham passado, contem para mim como foi =D

Beijinhos ❤

Viagens

Shanghai Disneyland Park

A minha penúltima ida à China foi em Junho e o parque seria inaugurado em Julho, voltei com aquele sentimento de coração vazio por ter ido um mês antes, época errada. Oops, esquecí que tinha ido trabalhar! =P

Combinei com minha agente, que tem uma filhinha pequena (4 aninhos), a mais fofa de todas as chinesinhas (e que fala inglês melhor do que eu!), que iríamos juntas ao parque na minha próxima ida. Graças a Deus não demorou muito para que eu retornasse pois o contêiner havia sido um sucesso de vendas, então em Novembro lá estava eu novamente.

Queria ter ido de carro da nossa Cidade até Shanghai (5h de viagem), mas a Yoya como uma boa chinesa, resolveu que seria mais fácil ir de Trem-bala. O único detalhe que ela não havia pensado é que eu estava com 2 malas de 32kg, uma mochila e minha bolsa, e ela estava com a filha, a mãe, a sobrinha e a mochila de todas elas, que sufoco! rsrs

Depois de uma longa e cansativa jornada, chegamos em nosso Hotel, obviamente depois de se perder por toda Shanghai! aahahah

Acabei ficando sozinha em um quarto e no dia seguinte fomos super empolgadas para o parque.

O parque é uma versão ampliada do Magic Kingdom de Orlando, ou seja, você anda muito mais para chegar nos brinquedos. Agora vem a vantagem: como ele ainda é um parque novo, não estava tão cheio, as filas eram super rápidas mas não havia nada parecido com o fast-pass. Absolutamente ninguém, além de 1 (UM) atendente do Guest-service falava inglês. A minha sorte é que eu estava com a minha agente/amiga/tradutora/guia-turistica a tira-colo rsrs

Todos os brinquedos são de alta tecnologia (não tem aquele cheirinho de mofo do de Orlando rs).

Uma outra dificuldade foi com a comida…Não havia absolutamente nada Ocidental, apenas comidas chinesas não identificáveis. O cardápio era totalmente em Mandarim, tive que escolher na base do unidunitê e adivinhem? comi arroz com um ovo cozido ahahahah

Se eu voltaria nele? Não sei! Sei que o de Orlando é mais cheio e tem alguns brinquedos já ultrapassados, mas parece que a Magia está lá, todo aquele encanto, a emoção de andar na Main Street e avistar o castelo ao fundo. Vou te falar que os chineses nem deram tanta bola para o castelo, a correria mesmo era para a fila dos brinquedos.

O castelo em Shanghai tem uma entrada interativa onde contam historinhas (em mandarim =/ ), mas como a gente já sabe as histórias de trás para frente, não boiei tanto assim. rsrs

E não, o Mickey e a Minnie não tem olho puxado, nem as princesas! Ahhh, a princesa falava inglês, quase chorei de emoção, não por ela, mas por ela me entender! ahaha Quase a puxei pelo braço pra passear comigo no parque!

Ainda preciso procurar outras fotos que tirei e não estavam aqui, ainda consigo fazer uma outra postagem.

Uma outra vantagem dele em relação ao de Orlando: a entrada é metade do preço!

Beijinhos e espero que gostem =D

 

 

 

Viagens

Shanghai <3

É engraçado quando a gente se apaixona por um lugar que sequer imaginou estar ou desejou conhecer algum dia na vida. Como eu já estava na China a trabalho, minha agente de importação, que virou uma super amiga para mim, me levou para conhecer Bund (Wai Tan), Skyline de Shanghai.

Gente, que lugar é aquele??? Confesso que meu sonho de criança era conhecer Nova York, isso pq eu não imaginava como era Shanghai! Ok, tem as loucuras do trânsito, o metrô super confuso, a dificuldade da língua, mas nunca vi pessoas tão bonitas, bem vestidas e educadas quanto lá! Uma vista magnífica, uma energia contagiante! Como fiquei apenas um dia para passear por lá (sem contar o dia da Disney que contarei no próximo post), não consegui fazer muita coisa. Tudo por lá é mais “americanizado”! Tem uma Forever 21 e uma H&M imensas e de alucinar. As roupas das meninas eram coisas fora do comum, dava vontade de tirar foto de todas elas! ahahaha

Agora as esticadinhas na China terão um novo roteiro ❤

Indico para todos, é simplesmente apaixonante!! Seguem algumas fotinhos =D

 

Viagens

New Jersey, simplesmente amor!

Não tem como pensar em New Jersey sem dar um belo suspiro e pensar: quero voltar logo! Sou completamente apaixonada por aquele lugar e sempre que vou para a China, dou um jeitinho de dar uma esticadinha de uns 4 dias por lá pra passear e fazer compras. No início eu ficava um pouco chateada em fazer tudo sozinha já que grande parte das minhas viagens à trabalho são totalmente alone, mas me acostumei rapidinho.

Com tantas idas para lá, já me acostumei a ficar no mesmo Hotel (Country Inn & Suites Newark Airport) que tem Shuttle direto do aeroporto na ida e na volta. Uma única vez arrisquei pegar um táxi e acabou dando US$30, fora os Tip´s!

Grande parte dos hóspedes são comissários de bordo e pilotos devido a proximidade do aeroporto e Chineses em trânsito.

O café da manhã de lá é simplesmente maravilhoso, tem máquina de refrigerantes, gelo, maquina de lavar e secadora em todos os andares!

De madrugada sai correndo no corredor pra comprar uma Coca-cola, coloquei 2 dólares e a máquina começou a soltar um zilhão de garrafas, quando eu fui ver estava com 8!!! Como eu já estava de pijama, deixei para devolver na recepção no dia seguinte. De manhãzinha lá fui eu cheia de garrafas e a recepcionista me disse que não tinha como devolver pra maquina e que poderia ficar de presente pra mim. Agora adivinha se eu bebi água durante quatro dias? No! rsrs

Como o Hotel fica ao lado do Jersey Garden´s, um Outlet super mara, eu acabo nem alugando carro pois tomo café no Hotel e já me jogo no Outlet (só saio quando fecha rsrs)

Foto 1: Entrada do Jersey Garden´s. O frio estava simplesmente de matar para uma Santista!

Foto 2: O que fazer quando você acha um totem fofo e você está viajando sozinha? “Hey, hello, please…” ahahahah Pegar o primeiro desconhecido com uma carinha simpática pra bater uma foto pra você! Ele foi tão fofo que fez praticamente um álbum em 10s! rsrs

Foto 3: A galocha que eu tava namorando a um tempão e veio morar aqui em casa ❤

Foto 4: 7 da manhã, cara amassada e hora de partir pra Shanghai! Bye, bye NJ, see you soon!